ATUALIZE-SE COM O IMB

Encontre nessa página notícias relevantes do meio jurídico

Inscreva-se já: Curso virtual do IMB “A Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial”
Fonte: IMB / Foto: Conceição Sá
Data: 27/09/2022

Inscreva-se já no curso virtual “A Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial”, que o Instituto dos Magistrados do Brasil-IMB, através da Escola Nacional Superior do IMB (ENSIM), promoverá, de 17 a 26 de outubro, duas vezes por semana (segundas e quartas), das 19h às 20h30, com aulas ministradas pelo Professor Sérgio Paulo Muniz Costa (Doutor em Ciências Militares) e coordenadas pelo Diretor de Cursos e Conclaves do IMB, Desembargador Rogério de Oliveira Souza. As vagas são limitadas!

 

As inscrições, no valor de R$40, com pagamento Paypal, Depósito Bancário ou Pix, devem ser feitas exclusivamente pelo site do IMB: https://www.imb.org.br/index.asp?pg=ModEvento.asp&H=Y1961DD5095hZ1Ck8982115Z319C385713317azE


O Certificado será emitido pela Escola Nacional Superior do IMB (ENSIM), mediante frequência de 90%. As aulas, de 90 minutos cada, possuem capacidade para 98 pessoas na Sala Virtual da plataforma Zoom. Informações pelo telefone (21)2533-7843 ou pelo e-mail webinar@imb.org.br.


Veja também, curta e compartilhe o vídeo do curso no canal do IMB no YouTube: https://youtu.be/uxj3xuL8lSA

 

Palestrante

 

O Professor Sérgio Paulo Muniz Costa é Doutor em Ciências Militares, historiador, sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IGHB) e do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).


Foi colunista do jornal Diário do Comércio (São Paulo, SP), com artigos publicados na Folha de São Paulo, Globo e Jornal do Brasil. Foi Chefe da Seção de Ensino de Geografia e História Militar da Academia Militar das Agulhas Negras, Delegado do Brasil na Junta Interamericana de Defesa, em Washington, DC e Chefe da Assessoria de Comunicação Social da Vice-Presidência da República.


É autor dos livros: “Os Pilares da Discórdia: fundamentos de uma incerteza” (BIBLIEX, 1995), “Diálogos: acontecimentos e história no Brasil contemporâneo” (CRV, 2013), “História e Conhecimento: suas conexões e perspectivas” (Editora UFPR, 2014), “A Construção da Fronteira Sul. A guerra de 1825” (IHGRGS, 2015), “Idade Média: mil anos no presente” (Editora PUCRS, 2016), “Cinco Séculos de História Militar do Brasil: espaço, cultura, sociedade e nação” (WalPrint, 2021).

 

Programa

 

17/10/22 (segunda): 1ª Sessão – Antecedentes da participação no conflito
A Segunda Guerra Mundial não pegou o Brasil de surpresa. Por diferentes meios, o governo pressentiu o conflito iminente e tomou as medidas possíveis. Mas, uma vez deflagrada a guerra, surgiram situações inusitadas que desafiaram o País.

 

19/10/22 (quarta): 2ª Sessão – A mobilização para a defesa do território
Dono do mais extenso litoral no Atlântico Sul e, à época, sem grandes vias de transporte, o Brasil se viu sob a ameaça de ataques diretos ao seu território e bloqueado em suas comunicações marítimas, levando a uma mudança de prioridades estratégicas.

 

24/10/22 (segunda): 3ª Sessão – A participação na Batalha do Atlântico
Nossos primeiros navios perdidos na guerra foram atingidos longe do Brasil, mas cedo a ação de submarinos alemães e italianos chegou às nossas costas. A Marinha do Brasil e a recém-criada Força Aérea Brasileira se empenharam no combate aos submersíveis inimigos e o Brasil assumiu a responsabilidade por um extenso setor do Atlântico Sul.

 

26/10/22 (quarta): 4ª Sessão – A campanha da FEB na Itália
Convidado para participar da invasão da Europa, o Brasil enviou uma divisão de infantaria expedicionária, um grupo de aviação de caça e uma esquadrilha de observação e ligação para combaterem na Itália em um dos momentos mais críticos vividos pelos aliados naquele teatro de guerra.

topo