ATUALIZE-SE COM O IMB

Encontre nessa página notícias relevantes do meio jurídico

História dos direitos dos Povos Originários: uma perspectiva comparada entre Brasil, Canadá e Austrália
Fonte: Emerj / Foto: Divulgação
Data: 20/06/2024


A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) promoverá, na próxima segunda-feira, dia 24, às 10h, a 64ª reunião do Fórum Permanente de História do Direito, com o encontro “História dos direitos dos Povos Originários: uma perspectiva comparada entre Brasil, Canadá e Austrália”. O evento, realizado em parceria com o Núcleo de Pesquisa em Direito Comparado (Nupedicom) e com o Centro de Pesquisas Judiciais da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), acontecerá presencialmente no Auditório Desembargador Paulo Roberto Leite Ventura, com transmissão via plataforma Zoom e tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

 

O Presidente do Fórum e Associado do Instituto dos Magistrados do Brasil-IMB, Desembargador Carlos Gustavo Vianna Direito, Coordenador do NUPEDICOM e Doutor em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), realizará a abertura da reunião.


Farão as palestras do encontro: a Desembargadora federal do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4) Luciane Cardoso Barzotto, Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Doutora em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR); Ana Paula Teixeira Delgado, Professora da Emerj e da Unigranrio, pesquisadora de pós-doutorado da UFRJ e Doutora em Direito pela Universidade Estácio de Sá (Unesa); Edna Raquel Hogemann, Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Direito e Decana da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e em pós-doutoramento em Direito na Unesa; Siddartha Legale, Professor de Direito Constitucional na UFRJ e Doutor em Direito Internacional pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj); Nathalia Vince Esgalha Fernandes, Coordenadora do Centro de Pesquisas Judiciais da AMB, pesquisadora do Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário na Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Doutora em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (UnB); e Natália Albuquerque Dino, assessora da Secretaria-Geral e membra do Comitê Executivo do Fórum Nacional Judiciário para Monitoramento e Efetividade das demandas Relacionadas aos Povos Indígenas e mestra em Direito, Estado e Constituição pela UnB.


André Leonardo Chevitarese, Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia do Museu Nacional da UFRJ e Doutor em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), será o mediador do evento.

 

O tema

 

“Como segmento do Direito Humanitário, o Direito Indígena busca proporcionar a estas comunidades a proteção necessária para salvaguardar a sua cultura, modo de vida, habitat e proteção à posse das terras tradicionalmente por eles ocupadas. Portanto, não se restringem aos preceitos estabelecidos de forma específica sobre os povos indígenas, mas abrangem todos os direitos fundamentais, sejam eles individuais ou coletivos, englobando o direito à cidadania, à educação, ao trabalho, à seguridade social, ao meio ambiente, à sustentabilidade econômica, à cultura, à liberdade religiosa.


Assim, pode-se conceituar como Direito Indígena o conjunto de leis e dispositivos elaborados para representar os interesses de uma parcela específica da população, os indígenas, que no Brasil e em tantos outros países segue com seu particular, tradicional e ancestral modo de vida.


Todavia, neste verbete, não se pretende apenas conceituar as normas, mas também pontuar, ainda que brevemente, os principais direitos dos povos indígenas, tarefa complexa, tendo em vista que o assunto compreende aspectos históricos, antropológicos e sociais relevantes, além da matéria de cunho jurídico propriamente envolvida.


A História mostra que os interesses políticos e econômicos sempre se fizeram presentes na problemática que envolve os direitos indígenas, repercutindo assim, sobre a proteção jurídica dada a esses povos desde a colonização do Brasil até os dias atuais.


Nesse contexto, é importante destacar a evolução destes direitos, pontuando quais foram as principais Constituições Federais Brasileiras para assegurar o direito indigenista e como esse amparo legal se dá no texto constitucional vigente e no contexto internacional. Não se deve olvidar, contudo, a relevância do ordenamento jurídico infraconstitucional relativo aos direitos indígenas.” (Fonte: Enciclopédia Jurídica PUC-SP)

 

Inscrição

 

Poderão ser concedidas horas de atividade de capacitação pela Escola de Administração Judiciária aos serventuários que participarem do evento. Serão concedidas horas de estágio pela Ordem dos Advogados do Brasil (OABRJ) para estudantes de Direito participantes do evento.


Para se inscrever, acesse o link

“1º Seminário de Direito Romano e Direito Canônico: Um Diálogo Histórico” na Emerj
Fonte: Emerj / Foto: Divulgação
Data: 19/07/2024
A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) promoverá, no dia 30 de setembro, o “1º Seminário de Direito Romano e Direito Canônico: Um Diálogo Histórico”. O evento, que integra a 67ª Reunião do Fórum Permanente de História do Direito da Emerj, acontecer
Comunicação direta com a sociedade: TJAP lança canal de notícias no WhatsApp
Fonte: TJAP / Foto: TJAP
Data: 18/07/2024
O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) tem mais um meio de comunicação com o cidadão. A Secretaria de Comunicação do TJAP lançou nesta quinta-feira (18), um Canal no aplicativo de conversas WhatsApp para uma comunicação direta com a sociedade. A iniciativa, moderna e ace
Superior Tribunal de Justiça reforça importância do combate à violência contra as mulheres
Fonte: STJ / Foto: Divulgação
Data: 17/07/2024
Em 2023, aproximadamente 28% das mulheres brasileiras com 16 anos ou mais sofreram algum tipo de violência física. Esse dado – obtido em pesquisa realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública – revela a importância de iniciativas de combate à violência contra a m
Emerj: “Usucapião e Adjudicação Compulsória Extrajudiciais. Desjudicialização dos Serviços”
Fonte: Emerj / Foto: Divulgação
Data: 17/07/2024
A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) promoverá, no próximo dia 22, debate sobre “Usucapião e Adjudicação Compulsória Extrajudiciais. Desjudicialização dos Serviços”. O evento, que integra a 2ª Reunião do Fórum Permanente de Direito Notarial e Reg
Nova sede do TRE-RJ já abriga Presidência, Vice-Presidência, Diretoria-Geral, Secretaria Judiciária e Escola Judiciária Eleitoral
Fonte: TRE-RJ / Foto: TRE-RJ
Data: 16/07/2024
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) acaba de mudar-se para um novo prédio, o Palácio da Democracia. A edificação, localizada na Rua da Alfândega, 42, esquina da Rua da Quitanda e a poucos metros da Igreja da Candelária, no Centro do Rio, é tombada p
Inscrições para a 2ª edição do Exame Nacional da Magistratura (Enam) estão abertas
Fonte: Emerj / Foto: Divulgação
Data: 16/07/2024
As inscrições para o 2º Exame Nacional da Magistratura (Enam) foram abertas nesta segunda-feira, dia 15. O prazo, segundo o cronograma divulgado no edital pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), é até as 16h do dia 15 de agosto. A prov
Desembargador Edvaldo Pereira de Moura escreve o prefácio de “Coletânea de Sabedorias Diversas”
Fonte: IMB / Foto: Divulgação
Data: 15/07/2024
O Vice-presidente Estadual do Instituto dos Magistrados do Brasil-IMB no Piauí, Desembargador Edvaldo Pereira de Moura prefaciou a “Coletânea de Sabedorias Diversas”, obra do Promotor de Justiça José Hamilton Bezerra Lima. O texto, enviado ao Instituto, segue publicado
Coral Amigos do Tribunal da Justiça do Estado do Rio de Janeiro vai comemorar 22 anos de existência
Fonte: TJRJ / Foto: TJRJ
Data: 15/07/2024
No próximo dia 25 (quinta-feira), o Coral dos Amigos do Tribunal da Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) irá comemorar o seu 22º aniversário. A comemoração acontecerá às 15h, no Espaço Ecumênico do TJRJ (Rua Dom Manuel s/n, lâmina I do Fórum Central, sala 503, cor
Emerj promoverá seminário “Inteligência Artificial Generativa no Direito”
Fonte: Emerj / Foto: Divulgação
Data: 11/07/2024
No dia 26 de julho, o Fórum Permanente de Inovações Tecnológicas no Direito da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) promoverá, às 9h, o seminário “Inteligência Artificial Generativa no Direito”. O evento acontecerá presencialmente no Auditório Dese
IMB adere ao trabalho remoto nesta sexta-feira (12/07)
Fonte: TJRJ / Foto: IMB
Data: 12/07/2024
Em razão dos problemas de abastecimento de água que afetaram o Complexo Judiciário do Fórum Central, o Instituto dos Magistrados do Brasil-IMB aderiu ao trabalho remoto nesta sexta-feira, dia 12. O atendimento aos Associados se dará pelos canais existentes no site da In
topo