O IMB

O Instituto dos Magistrados do Brasil foi fundado em 15 de março de 1979 por um grupo de juízes da 1ª Instância no Rio de Janeiro que tinham como ideal uma Instituição que pudesse ser um “fórum de debates e de cultura, pugnando por manter inalterável o prestígio do Poder Judiciário, a autoridade de seus Membros e difundir o amor e respeito à Justiça e ao Direito”.

Declarado de Utilidade Pública Estadual pela Lei 665 de 7 de julho de 1983 e de Utilidade Pública Federal pelo Dec. -Lei 92.368, de 5 de fevereiro de 1986, seu estatuto foi aprovado em Assembléia Geral realizada em 15 de março de 1979. É registrado no Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca da Capital - Estado do Rio de Janeiro. É Entidade Cultural, inscrita no Ministério da Cultura sob o nº 33.0043.379/87-05.

O Instituto dos Magistrados do Brasil é uma entidade de natureza social e cultural, sem finalidade lucrativa e tem por objeto promover simpósios, cursos, conferências, debates, estudos e pesquisas, sobre assuntos jurídicos, sociológicos ou de interesse geral para a Magistratura; editar livros, estudos, monografias ou publicações em geral de interesse científico; promover e estimular o aperfeiçoamento profissional e cultural de magistrados, e candidatos à Magistratura, propiciando-lhes os meios necessários ao seu desenvolvimento em todos os graus e especialidades.

Com sede no Rio de Janeiro, está presente em todos os estados brasileiros, através das Seções Estaduais, que contam com a estrutura de um Presidente, um Diretor Executivo e um Secretário que ajudam a disseminar a cultura jurídica por todos os recantos do país.
 

MISSÃO

Garantir aos seus associados aperfeiçoamento profissional, assistência social, jurídica e cultural, através de consciência sustentável, mantendo sua satisfação e orgulho em ser membro da instituição.
 

MEDALHA

A Medalha do Mérito Cultural da Magistratura tem como objetivo homenagear  pessoas, que contribuiram e contribuem  para a formação da cultura da nação dentro e fora do judiciário.

 

 

 

topo